30 de mar de 2014

BDSM - Um Estilo de Vida


Não estou aqui para escrever o que é BDSM, ou os dez mandamentos da escrava perfeita, ou mesmo o manual do Dominador moderno. Quer saber o que é BDSM, procure no google e tire suas próprias conclusões.
A questão que me levou a colocar esse título é: você que é, que pensa ser ou que pretende ser BDSMer está preparado para esse estilo de vida?
(Pausa para as respostas)
Estar preparado é muito importante, porque quando adentramos nesse mundo instigante, devemos ter em mente que isso aqui não é uma democracia. Se pensarmos em um regime, o BDSM é um regime de castas e cada um deve sentir a que casta pertence (dominadores, escravos, sádicos, masoquistas, etc) e agir de acordo com o que se espera de sua casta. Não haverá uma revolução onde os injustiçados assumirão o poder e poderão mudar o regime instituído. 
Outro fator importante é que, ao ingressar numa relação do acrônimo BDSM, não devemos ter a vontade de encaixar essa relação  nova ao que conhecemos das relações baunilhas, sejam relações de amizade ou de amor. É necessário se despir de todos os conceitos e aceitar o novo estilo sem se prender as convenções cotidianas e mesmo comportamentais.
E por falar em comportamento, é imprescindível uma reforma comportamental. Não é possível que as relações constituídas dentro do BDSM sejam regidas pelos mesmos preceitos morais e convencionais da sociedade civil instituída. Veja que não falo sobre preceitos morais e éticos individuais, mas sim os sociais.
E então, você está preparado para esvaziar sua mente e seu coração de tudo que aprendeu sobre as relações humanas? No caso das(os) submissas (os), você está preparado para abrir mão do seu prazer em função de um terceiro e ainda assim se sentir satisfeito? No caso dos(as) dominadores(as), os senhores estão preparados para ter a sanidade física e  emocional de uma pessoa em suas mãos? Você está preparado para assumir os erros e acertos de suas decisões? Você está preparado para a instabilidade e a mutabilidade das relações? E o mais importante, você está preparado para se despir das máscaras e encarar seus desejos secretos e nem sempre sãos ou usuais?
Se sua resposta for sim, siga em frente pois BDSM é uma experiência ilimitada em exploração da interação interpessoal onde você aprende e experimenta; é um estilo de viver inigualável onde toda pessoa é única e cada interação é diversa e especial ao seu modo.


Bia de MELBOR
escrava SP

11 comentários:

Amar Yasmine disse...

Amada menina Bia de Melbor!

O que dizer do seu texto?

Apenas que é de uma lucidez e tanto e muito útil. No momento que o meio onde vivemos tantas delícias vem sendo tão procurado por pessoas atraídas muito mais pelo glamour do que pelas responsabilidades, seu texto vem elucidar muito.

Para vivenciar todas as delícias que este nosso mundo oferece é preciso estar consciente de cada passo. É preciso respeito e responsabilidade com o outro, muito maiores do que são exigidos no mundo lá fora.

Ótimo texto, bia, obrigada por participar. Beijos!

Amar Yasmine

{Λїtą}_ŞT disse...

Oi lora linda de mai laife.

É como Amar disse... lucidez.
É o que falta a essas pessoas que se aventuram por esse universo hoje.
Costumo definir isso de uma forma muito simples: "estamos aqui para viver algo diferente e as pessoas tentam mudar o diferente para ficar igual".
Antigamente um recém chegado vinha disposto a aprender, hj eles vêm dispostos a ensinar... ensinar o que não sabem, o que não viveram e do que não têm nem uma vaga ideia.
Eles perdem, perdemos todos nós.
Muito apropriado o seu texto para esses tempos estranhos que estamos vivendo.

Beijos

luara disse...

Olá , Bia de MELBOR !
Desejo de aprender e comprometimento é o que parece faltar .
Iniciar sabendo tudo é improvável , porém , imprescindível que se tenha noção e comprometimento com aquilo que se propõe vivenciar , buscando por inserir-se nessa proposta sem permanecer apenas à sua margem .
Pior que não estar preparado é pensar que está ,e manter-se apegado às convicções de sempre e aos próprios interesses . Esses não buscam por preparo , por conhecimento , não há a busca pelo que os façam evoluir em pensamento e atitudes .
Cobrir interesses próprios com o véu da submissão não os tornam submissos , apenas limita e afasta das realizações .
Teu alerta é de suma importância para quem deseja vivenciar a submissão enquanto estilo de vida !
Beijos ,
luara .

Perséfone Core disse...

Loirinha Bia!!!!
Muito bom!!!!
>.<

Seu post traz a possibilidade da gente se ver, é como se fosse um espelho que devolve seu reflexo.

E senti isso ao te ler, me fez refletir. BDSM é algo mutável, mas certas coisas não podem ser mudadas ou perdemos toda beleza e essência.

E uma das coisas que não podem ser mudadas é isso...essa constante busca do refletir. Isso é ótimo, pois nos afasta de mediocridades, seja no BDSM ou em qualquer coisa na Vida!

Parabéns por sua lucidez, como bem disse as meninas!

Beijos!
{perséfone core}_DC

ternura disse...

olá Bia,

pegando carona na interpretação das meninas....lucidez!! parabéns pelo tema abordado.

eu sou um tanto suspeita para pitacar sobre seu texto.....ahhhh como bati nesta tecla lá no blog, escrevi muuuiito sobre a baguncinha que alguns seres que habitam esse Universo, fazem com os 'papeis' que ocupam.

que as regras, as escolhas dos papeis e a hierarquia existem é um fato. e pro bem das relações deveriam ser levadas em conta.

inclusive, a fantasia fica muito mais gostosa, proveitosa, prazerosa qdo tais 'combinados'são postos em prática conscientemente.

como submissa, saio de minha zona de conforto e tomo o desejo do outro como meu....afinal, não gostaria de fazer tarefas, obedecer ordens, ter castigos sabendo que foram induzidos por mim, assim como tenho certeza que o DOM abominaria, tbm, esta ação/reação.

Logo em uma real D/s o sofrimento, a quebra e a superação de limites existirá e tanto a submissa vai crescer dentro de sua condição como o Dominador irá desempenhar seu papel com Maestria.

é assim que procuro seguir este meu estilo de vida, consciente e com muito prazer.

bjs pra todas

obs: desculpe o pitaco, quase postagem....e escrever pelo cel, nem masoca hard merece....*pisc

Anônimo disse...

Amar,
Fico feliz que gostou do texto.
A inspiração para escrevê-lo foi exatamente o momento atual do BDSM e a expectativa equivocada de algumas pessoas que estão batendo na porta.
Obrigada por comentar.
Bjinhos
bia de MELBOR

Anônimo disse...

Vita, minha vida... (rs)
Adorei a foto que vc postou junto com o texto. Obrigada!
Sabe o que eu tenho pra ter dizer?! Quase nada, porque já debatemos tanto essa questão...
Tenho muito a te agradecer, porque meu jeito de ver, viver e entender o BDSM em grande parte é fruto de ter uma excelente amiga e professora: você!
Agradeço por fazer parte da minha vida! Bjinhos.
bia de MELBOR

Anônimo disse...

Luara,
Vc escreveu algo essencial em seu comentário: "Pior que não estar preparado é pensar que está ,e manter-se apegado às convicções de sempre e aos próprios interesses".
Essa sua frase deveria ter feito parte do texto. Ainda bem que vc veio complementar.
Obrigada!
Bjinhos
bia de MELBOR

Anônimo disse...

Perséfone,
Minha colega lindíssima,
Eu sou uma defensora da mutabilidade das relações. Das relações, do papel que exercemos dentro das relações, não do BDSM... rs
Você atentou para algo indispensável: Refletir.
Reflitamos pois!
Bjinhos.
bia de MELBOR

Anônimo disse...

Ternura,
É isso aí mesmo, sem regras seria uma anarquia e não é isso o que procuramos.
Seu comentário só veio demonstrar que existem mais pessoas que pensam como eu e isso me alivia, porque faz pensar que não errei no posicionamento. Pior do que errar, é induzir os outros ao erro.
Obrigada por comentar.
Bjinhos.
bia de MELBOR

Maximus33serra disse...

Tenho lido e procurado mais sobre este estilo de vida e prazeres ... E vejo que ja vivo de certo modo assim. .. Mas quero muito conhecer novas ideias e mulheres con esse mesmo interesse. Sou Dono e muito cuidador. Tenho 32 anos e quero me aprofundar mais neste mundo e espero conhecer submissas que desejam o mesmo. Grato pelo blog. Sou de Vitória.Es. Meu email .. maximus33serra@gmail.com