13 de fev de 2016

UM PASSADO SEMPRE PRESENTE


Nós vamos ensinar a você o fervor.
Nossos atos se prendem a nós, como ao fósforo sua luz.
Nos consome
é verdade,
mas fazem nosso esplendor.
E se nossa alma valeu alguma coisa
é por ter ardido mais intensamente do que outras.


Vamos ensinar a você o fervor.
Uma existência patética.
Ser tranquilo é ser trágico.
Eu não almejo outro repouso que o sono da morte.
Espero, depois que tiver exprimido nesta terra tudo que havia em mim,
satisfeito, morrer completamente,
Desesperado por fazer ainda mais.


Nossa vida há de ser diante de nós, como um copo de água gelada.
O copo úmido nas mãos de quem tem febre e quer beber,
e bebe tudo de uma vez.
Sabendo que devia guardar.
Mas, não podendo tirar dos lábios o copo delicioso.
Tão fresca é a água
e tão apaziguadora da sede.

(André Gide- O Copo de Água)


Assim como a amada amiga sub-ísis, que fez parte do nosso passado e fará sempre parte do nosso presente, continuam também em nossa lembrança como merecedores da nossa admiração, afeto e respeito, os amigos que se permitiram o prazer e a felicidade:

rosa vermelha

Rainha Roxanne

Falcão Peregrino (T-Rex)

Maestro Alex

bionda

Loba SP

Shay, Menina Má

sub annie

Seu Dono

Abbadon

Lunne Reine

Senhor Wilson


A esses e outros que não conheci 
e aos que não soube da partida 
deixo aqui minha doce lembrança.

"O mundo é mágico. 
As pessoas não morrem, ficam encantadas"

(Guimarães Rosa)


Postado por {W_[amar yasmine]} em 31/01/2016 em WERTHER e {W_[amar yasmine]}



4 de fev de 2016

A bela arte de Dominar



Para mim, dominar é uma arte, manusear o chicote “quase” todo mundo sabe, mas dominação é para poucos, é saber que a dominação não é castrar, muito menos abafar a personalidade da submissa, é sobretudo envolver a dominada e moldando-a para que se torne extensão e identidade do próprio Dominador.

Dominar é conduzir, instigar e mostrar o caminho, e quão belo é essa condução, assistir a evolução daquela a quem se domina, sentir que ela esta cada vez mais envolvida e tem um momento que mesmo estando longe dos olhos DELE a dominada vai ser e fazer o que o Dominador deseja.



Estava pensando, isso requer muita paciência e dedicação, não é “mandar” é conquistar, não é estabelecer uma ligação simplesmente é algo maior que transcende a barreira do ser e do poder, eu li uma frase sobre isso e achei muito bem apropriada, “o Dominador não tem que ser o todo-poderoso para ser poderoso o suficiente“.

O Dominador é um homem que vive com toda intensidade, e os seus sentimentos estão sempre em um equilíbrio entre sanidade e insanidade, entre um gesto de carinho e a rigidez de sua disciplina, Ele tem suas próprias regras de conduta, sua liturgia, Ele sabe bem o momento de trazer a tona com toda sua capacidade de ouvir e fazer com que a dominada siga não por imposição, mas sim porque ela deseja e precisa ser orgulho para o Dominador.



Bem realmente dominar é uma arte bela, e em especial para AQUELE que instiga em mim o prazer em estar sobre Seu Domínio.


schanna sub