17 de nov de 2014

Amor de escrava!


- Já disse que TE amo?

Sempre faço essa pergunta ao meu DONO e ele sempre responde de forma carinhosa, dando-me oportunidade para demonstrar meus sentimentos mais puros... mas, pensando bem: que amor é esse?

O meu amor é “Amor de Escrava” , e amor de escrava é um amor gigante. É louco o amor de uma escrava... É forte, intenso, incondicional, despudorado, desmedido, escancarado... é um amor real...
Amor de escrava é amor sem a cobrança do ciúme, sem a marca registrada do compromisso, sem a dor da insegurança. É amor de verdade. Amor ágape. Amor divino...sublime.

Uma escrava quando ama supera limites, entrega-se por inteiro, admira seu Senhor, lê as entrelinhas da relação e chora de prazer, obedece ao olhar, agradece o castigo, quer ser melhor a cada instante e na maioria das vezes consegue ser...

Mas não se engane... O verdadeiro amor de escrava passa por constante mutação. É raro, e se não for cultivado diariamente pode ser perdido sem qualquer explicação.

Não se ama um amor de escrava da noite para o dia... é preciso estar disposta a ser melhor, eliminar conceitos e preconceitos baunilhas e entregar-se ao que vier, mas como tudo tem um preço... o amor de escrava não é um amor âncora... não fica preso eternamente.
Amor de escrava é amor libertino, não disfarça o tesão selvagem e sempre pronto. É oferecido está sempre "aberto" para receber o que escorre pelas pernas, o que vem da saliva, da chuva...
O amor de escrava é tão perfeito que tem vários sinônimos: devoção, obediência, desprendimento, confiança.
Entender o significado desse amor deu-me um rumo definido nesta minha caminhada. 

Obrigada, Senhor ALDO, por fazer-me acreditar na beleza e nas dores de amar como uma escrava, mas principalmente, por conceder-me a honra de entregar esse amor ao Senhor.


TUA escrava apaixonada.

{myrAh} de ALDO


* Texto publicado no blog Nos Jardins de {myrah} de ALDO e gentilmente cedido pela autora e seu Dono para publicação neste blog.

16 comentários:

{Λїtą}_ŞT disse...

Linda myrAh de ALDO!
Em primeiro lugar agradeço a vc e a seu senhor a autorização para a publicação do texto.
Em segundo, sempre achei que o amor de uma escrava deveria ser melhor explicado, estudado ou sido objeto de pesquisas mesmo, tamanha sua diferença.
E aí está vc falando dele.
O amor de escrava é um amor que passa por diversos filtros, que são nossos aprendizados na submissão. Á medida que vamos evoluindo ele vai-se purificando, livrando-se dos sentimentos negativos como a posse e os ciúmes e passa a ser somente amor em estado puro, aquele amor que doa, aquele que deseja o bem seja em que circunstância for, aquele que ama as qualidades e os defeitos, aquele que só espera dele mesmo mas que sim, precisa ser cultivado para nascer, florescer e permanecer viçoso.
Uma escrava não serve só por amor mas se serve também com amor não há riqueza maior para um Dono.
Lindo texto, mais uma vez obrigada pela preciosa colaboração neste blog que esperamos, seja apenas a primeira.

Beijos

Anônimo disse...

Que lindo esse texto o amor de escrava e o que quero sentir. Gosto muito desse blog e cada uma de vcs que posta e um aprendizado para mim que sou iniciante e agradeço muito por essa ajuda que estou tendo aqui. Ticiane_sub

RobertoDom disse...

Belo texto

Crisálida disse...

Mto lindo esse amor

aisha_DFALCONN disse...


Lindo texto... fala ao coração...

Tattourouge disse...

Não poderia deixar de comentar:

Perfeito!

Quem vive ou viveu um amor de escrava sabe a beleza e o prazer desse amor...!

Lindo teto querida MyrAh de ALDO!

Beijos à todas as escravas e submissas...

LótusRouge

Perséfone Core disse...

Flor amarela...
myrah de ALDO,

Só quem sentiu na pele, no ardor do corpo e coração, a presença da força Dominadora, compreende o seu amor.

Simplesmente perfeito e lindo!!!
perséfone suspirante aqui!

ternura disse...

O texto é poético sim, mas há entrelinhas até bem especificas, em meu entender.

para esse amor todo florir, da bela maneira que todas testemunhamos, percebo uma certa 'Autorização'.

myrAh AmA incondicionalmente, mas recebe carinhosamente a benevolência de seu Dono.

J/juntos caminham na mesma direção dos prazeres vivenciados. J/juntos purificam esse sentimento, ele exercendo seu poder de Dominador e ela se renovando dia após dia para melhor atender e amplificar os desejos Dele.

um texto repleto do mais verdadeiro sentimento ...Amor de escrava !!!

bjs no cuore

luah negra disse...

Disciplinar-se até nos sentimentos , assim evolui a escrava.
Eles podem e devem ser trabalhados para o bem de si e da relação .
Tudo que se faz com amor se faz melhor e com mais prazer .

Ótimo tema , myrah de ALDO , e uma grata contribuição para o blog tbm .
Beijos .

MeninaLua disse...


Que perfeito esse texto!
Tinha que ser da danada da Myrah, rs.
Deixo meu beijo pra você!

crystal disse...


Uma perfeita tradutora de sentimentos! Perfeito, myrahvilhosa! Bjs

isadhora_CM disse...


Adorei o texto, myrah ! Muito inspirador.
Você foi perfeita na definição do "Amor de escrava".

ivna_de_DEAH disse...

Texto perfeito. Parabéns!!

marrye disse...


Ualll nunca li um texto tão lindo. Parabéns ...

Ricardo-DF quero casais disse...

QUERO MULHERES DE CORNOS (BRASILIA-DF)

>>> Eu sou Ricardo do Recanto das Emas, Brasília-DF sou comedor de esposinhas e quero meter minha pica em casadas, grávidas, gringas, noivas, solteiras, viúvas sedentas, mulheres coroas. Adoro comer as esposinhas dos meus amigos na frente deles.

>>> fudedor.de.esposas.df@hotmail.com

(whatsapp) (61) 8456-6055 Operadora OI.

>>> (61) 9285-0356 Operadora CLARO.

>>> BRAZIL Brasília-DF (Recanto das Emas)

marcosliberal disse...

Eu confesso que quero muito ser corno sou casado com uma gata morena alta magra corpo tipo modelo linda linda demais porem confesso que desejo vê-la sendo fodida por um grupo de machos safados quero vê-la sendo amarrada e sodomizada por muitos machos quero torna-la uma escrava submissa de um grupo de machos que curtam amarrar cuspir mijar e humilhar minha esposa sonho ser amarrado e assistir a tudo de camarote imobilizado sem poder reagir confesso que quero vê-la sendo forçada a beber porra quente de vários machos . resumindo confesso que desejo ver minha esposa sendo escravizada a força por um grupo de machos sujos que queiram apenas usa-la por todos os buracos.” para machos que curtam amarrar a ninfeta e usa-la a vontade totalmente indefesa e submissa!!
sera servido um banquete de buracos buceta cu e boca para usar a vontade em grupo!
preferencia a machos sujos sadistas que curtam mijar cuspir e humilhar uma gata !


e-mail marcoscorno@bol.com.br


mandarei fotos aos interessados contato inicial somente por -email