16 de dez de 2015

Para encerrar o ano...

Fim de ano, festas se aproximando, é hora de encerrar o expediente.
Tentamos, durante o ano de 2015 passar o que pudemos de melhor sobre o tema em textos, informações, trocas proveitosas porque esse é nosso objetivo: informar a respeito para que a essência do BDSM não se perca.

Esperamos ter ajudado. Nossos números, algumas centenas de milhares de visualizações, comprovam que nosso objetivo tem sido atingido.
Nós, do escravas & submissas, estamos felizes por isso e desejamos a V/vocês, nossos leitores, um Natal de muita luz, paz e amor.

E para 2016, a esperança de muitos encontros, muitos pares - ou trios, quartetos, o que for - se formando e vivenciando muitos prazeres; muitas amizades e parcerias nascendo, muito BDSM na vida de todos N/nós!
Não poderíamos terminar o ano sem deixar um presente para nossos leitores: um conto de Natal... BDSM!

Agradecemos sua presença durante o ano de 2015 e esperamos V/vocês em 2016, de braços abertos.

Boas Festas a T/todos!

Carinhosamente,

*escravas & submissas*

O Presente


Ele não levou flores...não levou bombons , nem um bichinho de pelúcia...
Um garrafa de vinho e taças para beberem juntos ? Um presente embrulhado com um grande laço de fita ? Um cartão de boas festas , com uma bela mensagem dele ? Também , não .
Do que se espera ter num encontro comum , ele nada levou...
Para um de seus encontros incomuns , objetos , ideias e desejos nada comuns .
Ele levou velas... Mas esse ainda não era o presente .


E não era para iluminar , para aromatizar ou decorar o ambiente... não era para deixar o encontro romântico . Não .
Eles sabiam o exato propósito delas .
Ele levou velas , vendas , mordaça...Mais que isso , ele levou o melhor de si , foi acompanhado da ideia de torturá-la como nunca .
Velas para fazer arder a pele daquela que o aguardava...vendas para causar expectativa...mordaça para que não houvessem gritos ou pedidos de clemência .
Ela sabia o que a aguardava e , também , levava algo para ele ; o desejo de ser levada ao limite .

O primeiro objeto saiu da bolsa ; a coleira de sessão . E foi da bolsa , diretamente , para o pescoço dela.
Em seguida , saiu o rolo de silver tape . Braços postos para trás e atados com a fita .
E mais um pedaço de fita foi cortado , esse era para selar-lhe a boca .
A partir dali , ela não diria nem mais uma palavra...elas seriam apenas ouvidas e respondidas com sinais de sim e não , feitos com a cabeça .
A fita a calou e imobilizou . Seus olhos , no entanto , ainda podiam acompanhar a movimentação...Não por muito tempo .
Logo , nem isso lhe restou . Sua última visão fora das vendas na mão dele .
E tudo fez-se breu...silêncios...expectativas...desejos .


Ela não precisava falar...
Ele sabia exatamente do misto de sensações que a envolvia...Todo aquele clima se traduzia em umidade .
Por maior que fosse a tensão de estar ali , a mercê dele , sem saber o que viria a seguir , a umidade entre as pernas não lhe permitia negar o quanto estava excitada .
Ele não se furtava de inspecioná-la... tocava-a com uma ausência de gentileza , que não apenas revelava sua excitação , mas ainda a intensificava .

Ela não precisa ver...
Sabia exatamente o quanto Ele saboreava aquela situação .
O calor do momento fazia-se antes mesmo da vela ser acesa e não acontecia apenas para ela...
Acendê-las já fez seus olhos brilharem...eles brilhavam , mesmo não vendo , ela podia perceber tal efeito .
Eles brilhavam...não pelo efeito da chama que se encontrava em sua mão . Não .
O prazer de vê-la ali , na tensão da espera , na excitação , na restrição , produzia um brilho muito peculiar aos olhos dele...
Eles brilhavam  , ela tinha certeza disso .
Mais que brilhar , eles se tornavam misteriosos , impenetráveis , quase assustadores...
Quando podia vê-los , era assim que ela os interpretava .


Junto a esses pensamentos , recaíram-lhe os primeiros pingos...Um após o outro , a pele ia sendo testada , reações sendo analisadas , entranhas sendo inspecionadas .
A cada toque , uma nova sensação surgia ... de agradável e excitante , para o ardente , o suportável , o torturante...
A pele estava sendo levada ao limite...a distância entre a vela e a pela era mínima possível...estava  insuportável .

Seu corpo encontrava-se indefeso...e em agonia .
Cada pingo era um tormento para ela e um delírio para Ele .
Dor ? Prazer ? Dor e prazer ? Ela sequer sabia o que sentia , o que expressava ou o que queria .
Sua única certeza era que ele se deliciava com a sua agonia...essa certeza ajudava suportar a experiência...
Estar nas mãos Dele lhe dava forças para suportar até o insuportável .
Ao fim , a recompensa ; ver a satisfação em seu olhar , falar , tocar...senti-lo .
Ver o prazer que dele transbordava e ter o merecimento de lambuzar-se Nele .


E ela recebeu o seu presente ; a satisfação de dar prazer... o prazer de ter prazer com Ele .
Deu-se a comunhão da lascívia .


luah negra_DOM JH

12 comentários:

Anjinha Sexy disse...

Uma postagem repleta de sedução-Amei
Feliz Natal

beijoos doces- http://anseiosedevaneiossexuais.blogspot.pt/

Diana_Kaduscorp disse...


Parabéns pelo blog! Sou fã! Vocês ajudam, sim, ajudam a refletir, a entender e a dar forma aos sentimentos de submissão. Boas festas!

Anônimo disse...

Parabéns por esse ano, pelos textos, fotos, presentes....sempre de muito bom gosto e grande ajuda. Um lindo Natal para todos!

Rebeca

luah negra_DOM JH disse...

Mais um ano do escravas & submissas .
Mais um ano compartilhando ideias , momentos , desejos...mais um ano informando , interagindo e aprendendo .
Este é , sem dúvidas , um espaço enriquecedor , para mim , para o BDSM e para muitos .
Objetivo atingido , com certeza !
É com muita satisfação que frequento o espaço .
Parabéns !
Boas festas a todos e até 2016 !
Beijos .

WOLF disse...

Um conto excelente.
Quero retribuir os desejos de boas festas para todos os que fazem e contribuem para este espaço,para o ano vou seguir com mais atenção,pois só o descobri ja no final deste ano.

beijos e abraços para todos

Anônimo disse...

Arrepiou aqui... Meu corpo inteiro sentiu o calafrio contrastante com o calor de nada menos 39graus para depois percebe-se numa onda de calor.
Que delícia de conto.
Este blog é um dos poucos que ainda visito com o mesmo desejo e encantamento que sentia em um tempo que ficou para trás.
Certamente as contribuições foram importantes e significativas e eu desejo que o próximo ano seja de muitas postagens tão esclarecedoras e sérias quantas foram essas. Adoro!
Que delicia de conto, luah negra do Senhor JH, linda.
Feliz Natal e um Ano Novo cheio de inspirações a todos!

Beijos

{ninna}_DomCE

sempre sua disse...

Delicia de blog .... Delicia de escrita ! Tenha certeza que será continua minhas visitas ! Beijo doce e ótimas festas a todos !
danny_Mestre Adestrador

{ÍsisdoEgito}JZ - Tua, somente tua disse...

Lindo texto, linda mensagem do blog, lindas imagens...
Como sempre essas escravas submissas arrasam!

E apesar de encontrar-me um tiquinho distante dos blogs e,m geral, sempre que venho aqui sei que será para dar vazão aos meus pensamentos luxuriosos e aprender com quem tem vivência e sabe do que fala.
Quem sabe ano que vem animo e começo a escrever um pouco do que já experimentei e vivenciei...rs

Meninas, à todas vocês que escrevem e/ou participam comentando neste manual delicioso sobre submissão e entrega, desejo um Natal maravilhoso e um 2016 repleto de muitas alegrias, intensidade e prazeres.

Beijos mais que carinhosos,

LotusRouge

♀♂ Overdoses Of Orgasms ♀♂ disse...

Passando pra desejar um Feliz Natal, repleto de boas vibrações, alegrias, amor e paz junto aos seus!!!!!
Bsssssssssssss

Raquel Pinto disse...

Lindo de ler

.
Continuação de boas festas
.
Deixo cumprimentos e carícias

Delicinha do Chefe disse...

Texto lindo e sensível!
Que 2016 seja tão inspirador quanto essa postagem.
Beijos,
Delicinha do Chefe

Anônimo disse...

Oi quero te conhecer.Moro em sorocaba, onde tenho local discreto para encontros todavia posso ir até vocês.Tenho pele clara, corpo musculoso, cheiroso, culto, de excelente nível e tenho fotos para trocarmos.Procuro mulher fogosa e casal cuja esposa seja safadinha e liberada pelo marido.Adoro longas preliminares, toques sutis, clima de sensualidade e demoradas penetrações, sem baixarias e envolvimento emocional ou financeiro.
Meu e mail é claudiosorocaba@bol.com.br
Entre em contato para colocar em prática seus desejos mais íntimos e fetiches sexuais, visando a intensos momentos de prazer e carinho, com respeito, higiene e sigilo.Tenho ótima saúde comprovada por exames médicos preventivos, uso camisinha e sou limpinho.
Quero vc sendo dominada, sentindo seu corpo ferver de tesão, melando a calcinha, sentindo os buracos sendo alargados...