20 de jun de 2015

De Corpo e Alma


Muito se fala em alma submissa. Fala-se por admirar, por desejar ter tal vivência, por desacreditar, pra ofender e fala-se até por falar. 

Falar, com conhecimento de causa ou não, fala-se de tudo. O debate é livre para todos os assuntos. 

Mas, sem vivenciar a experiência, como falar com propriedade sobre algo que precisa ser vivenciado, sentido ou, ao menos, desejado?  Nesse sentido, tudo que é dito tem pouca ou nenhuma razão de ser, é infundado.

Submissão de alma, alma submissa, entrega por necessidade da alma. Alma, alma, alma! Tudo que se refere a um prazer mais abstrato, como o prazer de servir, de obedecer, de agradar e o prazer em dar prazer, acaba sendo levado, pelos que não o praticam, para o campo do irreal, fantasioso, absurdo ou sobrenatural. 

Fico me perguntando o porque desses prazeres causarem certa aversão em alguns.

Não é porque algo não me atrai ou porque não sou capaz de fazer igual ou melhor que vou em dedicar a provar que não existe para ninguém.

Talvez o problemas não esteja na tal da alma, mas sim na submissão. 

O BDSM é vasto e variado, é impossível alguém se identificar com tudo que há nele. É natural que alguns estilos, praticas, vivências ou filosofias sejam amados por uns e ignorados por outros. Ignorado, sim; desqualificado, não .  

A entrega do corpo é comum, desejada e apreciada por todos. Afinal, é ele que é usado, tocado, torturado e marcado. São os joelhos que se dobram, são as pernas que parecem bambear diante do Dominador, é a boca que responde 'sim, Dono' e é dela que saem os gemidos  de dor e prazer causados pelas mãos Dele. É o coração que dispara com uma palavra, um olhar e até com o silêncio Dele. Dos olhos brotam as lágrimas e das entranhas que escorre o prazer provocado por Ele. É o corpo que executa os comandos, que responde aos estímulos... O corpo fala, grita, implora, seduz... ele exprime as sensações, emoções, sentimentos... é ele quem carrega um coração cheio de amor e entrega.

O BDSM é toque, é cheiro, sabor, suor, carne, dor e prazer.  Até aí, tudo bem, qualquer um entende, aceita e pratica, mas, se passar disso já é coisa de outro mundo?  

Por o coração numa busca, realização ou vivência, entregar-se com paixão é igualmente natural e real. Um coração apaixonado, coração em festa, coração submisso. Essas, entre outras colocações figurativas, são claramente entendidas por todos como estado afetivo, emocional e condição de entrega. 

Dar sangue, suor e lágrimas para alcançar algo muito desejado é facilmente entendido como dar o melhor de si, como não medir esforços e mergulhar de cabeça para ir ao fundo de um objetivo.

Mas quando se fala em por a alma na entrega, logo vem o desdém, as distorções e o assunto é levado pro campo do sobrenatural, do irreal, fantasioso. 

A necessidade de mitificar a entrega não superficial é tão forte que parece mais com uma campanha contra algo ameaçador que uma simples descrença.

Cada um pratica o que deseja e que é capaz, entrega o que tem e vai até aonde se permite, mas a incapacidade, limitação e superficialidade de uns não invalidam as vivências e os prazeres de outros.

Querendo ou não, duvidando ou não, a entrega por necessidade da alma existe, e não vem do além, mas sim de dentro. 
Ela nasce do desejo, se alimenta do orgulho e do prazer de servir e se realiza em agradar.



luah negra
escrava, RJ

13 comentários:

Anônimo disse...

Brilhante o texto, fico feliz de vir aqui e ler um texto mais inspirador que outro.
Realmente, no próprio meio, existe um pré-conceito, julgamento da forna de vínculo do outro. Penso que cada um deve vivenciar sua entrega conforme seus desejos e coração. E respeitar a maneira como o outro vivencia isso.
Parabéns a luah negra.

Beijos, meninaa_DErnest

{Λїtą}_ŞT disse...

Muito apropriado este texto, luah!
Essa coisa de submissão de alma, há muito vem sendo desdenhada por pessoas que não entendem, ou não querem entender, que a entrega se dá por vários motivos, não só pelo prazer físico, mas pela satisfação emocional de pertencer, de servir, e que nesse pacote onde entram corpo, mente, coração pode estar também a alma... pq não?
Hoje vivemos no BDSM uma época em que vale o lema "se não posso, se não gosto, se não aceito, não é válido, não existe".
Por isso, te digo: cada um(a) entrega aquilo que tem ;)
Beijos e parabéns por mais este belíssimo texto

Sabrina sub disse...

Que maravilha de texto,eu amo vir aqui,aprendo muito nesse lugar.Já me criticaram por dizer que sou sub de alma,foi um consolo ler esse texto.Adoro vcs.Parabéns

Vivviane_sub disse...

Almas submissas UNI-VOS! Adorei!


Beijos

luah negra disse...

Olá ,meninaa_DErnest !

Ninguém vai apreciar tudo no BDSM , principalmente o que não lhe atrai , que não conhece ou não deseja pra si . Cada um pratica o que deseja e que é capaz...não tem como ser diferente .
Mas nem por isso uma determinada vivência precisa ser desmerecida , nem vai deixar de existir ou de ser manisfestada por seus praticantes .

Obrigada por vir e contribuir com a sua opinião .
Volte sempre !

Beijos .

luah negra disse...

Pois então , vita...quem não tem esse desejo mais profundo ,não o compreenderá e , portanto , só poderá mesmo é especular sobre o assunto .
Cada um põe na sua entrega aquilo que tem e está disposto a incluir no pacote . Pode ser até um pacote vazio , mas sem querer diminuir os mais completos , né ?!
Obrigada , vita , é um prazer compartilhar algumas ideias aqui e adquirir outros bons entendimentos com vocês todas .
Beijos meus .

luah negra disse...

Olá, Sabrina sub !
Essa é a questão principal..para alguns resta apenas a crítica .
Não podendo fazer parecido ou melhor , usa-se a arma que tem .
Não é só com vc que acontece , essa atitude é bem comum...tanto que parece mais com uma campanha contra que com simples críticas .
Mas ainda que queiram fazer parecer errado , falso ou seja o que for , seguiremos de acordo com os nossos desejos ,e não conforme uns e outros esperam .
Eu tbm amo esse cantinho , acrescenta muito aos meus entendimentos BDSM .
Obrigada por vir e compartilhar suas experiências no meio .
Volte sempre !
Beijos meus .

luah negra disse...

Olá , Vivviane_sub !
É isso aí , uni-vos...subs de alma unidas , jamais serão vencidas !! Rsrsrs
Brincadeiras à parte...os prazeres são diferentes para pessoas diferentes e todos são válidos .
Não é preciso desmerecer o outro para ser maior , bastaria crescer...simples assim !
Ter esse entendimento já seria um bom começo .
Obrigada por vir e deixar sua contribuição sempre muito bem-vinda ..
Beijos meus .

εïз {ternura}_B εïз disse...

Bom dia de noitão, linda e querida luah negra,

pois bem, fico me perguntando se ao esperar um mês inteirinho, ou até mais, pelo Dono, o que será senão uma espera de alma. Pois ali naquela espera, angustiante, não menos, motivadora pra um lascivo reencontro, doamos nossos sentimentos, sendo eles, a espera, a paciência, a obediência, todas sensações que guardamos no âmago de nossa alma.

Todo caso, abomino qualquer ação preconceituosa.

brigada por compartilhar, como sempre arrasando com seus lúcidos txtos!!

bjks

Perséfone Core disse...

luah negra!!!

Vc com toda sensibilidade e sensatez...conseguiu esclarecer sobre algo tão rechaçado ultimamente: a entrega da submissa.
Estando nós T/todos(as) em ambientes fetichistas e kinksters, infelizmente, vamos nos deparar com a intolerância e o preconceito - rs, lugar onde não deveria existir, mas esperar por isso é meio utópico.

Na web, hoje tudo que se faz e escreve, toma proporções monstruosas e muitos, valendo de uma relativa figura anônima, despejam todas sua frustrações, medo e temores em coisas que não compreendem ou convivem. O pior tipo de preconceito, é o velado. Muitos vão dizer...mas pê, eu tenho o direito de me expressar e não concordar com o que leio e vejo. Ok, eu concordo plenamente. E defendo. Mas isso dá o poder a você, de ofender e injuriar GRATUITAMENTE.

E é o que eu vejo com as ditas submissas de "alma". Seu único "pecado", é o desejo de ter uma relação D/s com mais profundidade, amor, comprometimento/envolvimento e dedicação. A alma aqui, nada tem a ver com o aspecto religioso (afff, kkkkkk), a interpretação diz respeito a essência de alguém e na busca daquilo que acredita.

E francamente? Essência é algo tão raro hoje em dia não? É quase que uma palavra ofensiva.
Se eu não tenho essência e não a busco onde convivo e realizo ações...acho que eu deixei de ser não???...

Deixei de ser HUMANA.

Tenhamos mais tolerância com os desejos e realidades do outro. Ainda que complicado, o ideal é algo a ser sempre buscado. É o que penso.

Ihhhh, falei demais!!! Kkkkkk. Típico.

Beijos!!!
J_{pehr}

Ricardo-DF quero casais disse...

SOU COMEDOR DE ESPOSAS / FUDEDOR DE MULHERES / ESPOSAS

>>> Eu sou do Recanto das Emas‚ Brasília-DF (Brazil) sou comedor de esposinhas‚ noivas‚ namoradinhas, viúvas, mulheres coroas, grávidas e solteiras em resumo adoro mulheres safadas. Adoro comer as esposinhas dos meus amigos na frente deles. Adoro gozar dentro da boca das casadas e mandar os meus amigos CORNOS limparem tudinho. Tenho 37 anos‚ qualquer casal que curta entre em contato comigo.

fudedor.de.esposas.df@hotmail.com ou

Whatsapp: (61) 8456-6055 Operadora Oi.
(61) 9285-0356 Operadora claro.


>> Tenho 16 cm de pica grossa e cabeçuda, a cabeça é rosada e fica bem vermelha quando dentro de uma buceta safada.
>> OBS.: Favor só entrem em contato se for para marcar algo real, sou comedor de verdade.

>> Não sou garoto de programa. Eu adoro bucetas.

>> Me liguem de Segunda a Sexta das 8hs as 18hs. Ou deixem mensagem no Whasapp.

luah negra disse...

ternura_B , minha pitaqueira querida....

Pois então , é tão simples , não é mesmo ?!
Mas não espero que entendam , só vivenciando pra saber exatamente como é .

Obrigada por vir e deixar seus pitacos sempre muito carinhos , estimulantes e enriquecedores .
Beijo grande e uma boa noite pra vc !

luah negra disse...

J_{pehr}, presença aguardada e muito bem-vinda !

Você não falou demais , disse o necessário...sintetizou com perfeição tudo que tentei expressar .
Participação indispensável a sua , lindona .

Obrigada por vir e enriquecer minhas reflexões com comentários como este e tantos outros .
Beijo enorme pra vc .