11 de abr de 2015

Desencontros


"Não existem mais submissas."
Esta é uma fala recorrente que ouvimos por aí. 

Muitos Dons procurando submissas e não encontrando, é o que dizem a todo momento.
Concordo que para ser submissa deve haver uma predisposição, uma vontade intrínseca de servir. Sem isso, torna-se difícil, para não dizer impossível, que alguém possa ao menos intitular-se como tal, afinal, ninguém pode ser o que não quer ser.
Mas, se de um lado deve haver aptidão, do outro deve haver também disposição para extrair essa essência.

Submissas não se compram prontas em lojas. Não estarão expostas em vitrines com uma placa pendurada no pescoço indicando "obediente, servil e masoquista". 
Para que um Dom tenha uma submissa à altura de seu gosto é necessário um trabalho de lapidação, de adestramento. 

Mesmo as experientes, com anos de servidão, estiveram aptas para servir a outros Dons, com personalidades, gostos, experiências, fetiches e desejos diferentes. 
E até mesmo nesses casos, o das experientes, é preciso dar direcionamento para que elas se encontrem dentro desta nova experiência.

Sendo assim, com todo o respeito aos Srs. Dominadores, pergunto: o que o senhor tem feito para encontrar uma submissa à sua altura? Tem se empenhado em treinar, ensinar? Tem gasto seu tempo dedicando-se a lapidar alguém? Ou espera que venha pronta e sabendo de cor e salteado todos os seus gostos, suas fantasias mais secretas e até como dirigir-se à sua pessoa? 
Será que de fato não existem mais submissas ou se o que falta é a paciência para ensinar, direcionar? Será que não é a pressa, a urgência em TER que se sobrepõem à necessidade de "LEVAR A SER"?



Por outro lado, muitas submissas dizendo que não existem Dons à altura de sua submissão, procurando e esperando que o Dom perfeito apareça, montado num cavalo branco, pronto para cuidar, de posse de todos os acessórios que ELAS julgam necessários para a realização de uma boa sessão e sabedores de todos os caminhos e segredos do prazer que ELAS desejam ter, como se estes não fossem também seres humanos buscando crescer, aprimorar-se e sujeitos também a falhas.
É óbvio que as falhas aqui não referem-se a aspectos de segurança mas de falhas que podem ser administradas para que a conversação possa fluir.

Às vezes, grandes encontros poderiam acontecer se as pessoas tivessem um pouco mais de condescendência com as outras, se não se exasperassem por uma frase mal colocada, por um erro de interpretação, por algo que ainda não se aprendeu pois a vida é um grande aprendizado e ninguém, mas ninguém mesmo, sabe tudo.

Grandes experiências poderiam acontecer se as pessoas se dispusessem a aprender juntas, descobrir novos prazeres, ampliar horizontes, sem exigir que os(as) parceiros(as) saibam absolutamente tudo apenas por estarem em uma relação hierárquica, um sempre achando que o outro deve vir sabendo todos os prazeres e mazelas de sua posição na relação, não importa qual seja ela.




"Não se preocupe com a perfeição. Substitua a palavra "perfeição" por "totalidade". Não pense que você tem de ser perfeito, pense que tem de ser total. A totalidade dá a você uma dimensão diferente." (Osho)

Assim, quando encontrar alguém, procure saber se esta pessoa está disposta a entrar inteira, total, nesse caminho com V/você. Isto sim, é necessário. Perfeição não existe. 
Pense nisso.


{Vita}_ST
Feliz Propriedade do Senhor da Torre

16 comentários:

anahi_LA disse...


Vitinha,
Você foi perfeita em suas colocações, o que ando vendo, é muita pressa, pressa pra servir, pressa pra dominar, pressa pra começar um relacionamento e mais pressa ainda para terminá-lo.
Enquanto submissas e Dominadores não entenderem que relações tem problemas, tem seus dissabores, e que cada dia é uma luta pra manter a relação, sempre será assim, um reclamando do outro. Aqui, na primeira 'briga' um entrega a coleira, ou o outro a toma. Não sejamos hipócritas, todo casal briga até mesmo os casais do meio BDSM, basta saber administrar isso, que a relação flui, mas, infelizmente as pessoas não estão tão dispostas assim a manter essas relações...afinal, em cada esquina tem uma 'submissa' pronta pra servir e um 'dominador' pronto para adestrar, então pq perder tempo? Rs
Parabéns pelo texto, maravilhoso!

RobertoDom disse...

Excelente texto minha querida vita
vivemos em tempos de pressa e urgência as pessoas já querem tudo pronto se possível não querem ter trabalho.Sempre digo que dominação é uma arte onde a paciência está inclusa.Dominação exige muito Dominador se ele não tiver o dom para mostrar o caminho e ensinar
na verdade nunca vai encontrar o que procura.

lioness disse...


vita_ST - encantada com seu texto... você traduziu tudo o que penso sobre o assunto, ADOREI!!!
um doce beijo, minha flor.
construir e reconstruir...
deixar-se construir e reconstruir.

Christine disse...

Linda, vita_ST... Que palavras! Dessas que batem e ficam. Pois são escritas com sabedoria e experiência... Minha admiração por você só aumenta!
Grata por compartilhar!
Beijos...^^

naara disse...


Que texto mais perfeito vita_ST!
Deveria estar estampado em todos os grupos, "about"s, em todos "whrite"s....
Simplesmente os desencontros realmente acontecem por exatamente esses fatores que você tão bem colocou... Seja de qual lado for...

Parabéns vita_ST!
beijos
naara

{Λїtą}_ŞT disse...

Obrigada, anahi_LA! Vc pegou tão bem a essência do que eu disse que torna-se desnecessária qualquer explicação, mas de fato algumas coisas são tão óbvias que não temos como deixar de ver, não é?
Todo mundo tem defeitos assim como toda relação tem suas crises, mas estão faltando paciência no primeiro caso e eficiência para lidar com o segundo. E assim as pessoas vão se perdendo.
Obrigada por sua carinhosa e valiosa presença aqui.

Beijos

{Λїtą}_ŞT disse...


Obrigada, querido amigo sr Roberto, sempre presente aqui, no blog, onde quer que estejamos, um grande incentivador.
Seus comentários são sempre muito enriquecedores... obrigada!
Beijos para o sr

{Λїtą}_ŞT disse...

Christine, minha querida, o texto é tão simples... e fico feliz que vc, assim como outras pessoas, tenham se identificado. Essa é uma verdade que vivemos atualmente, as pessoas precisam baixar a guarda, derrubar os muros para encontrarem outras. Se tudo for obstáculo continuarão sempre se procurando e eternamente sozinhos.

Beijos e saudades

{Λїtą}_ŞT disse...

naara, é uma grande honra ter vc aqui! Fico tão feliz que tenha se identificado.
É triste ver tanta gente desejosa de viver uma relação e se desencontrando por motivos banais, por não procurar entender o outro, aceitar suas falhas pois todos as temos.
Muito obrigada por sua preciosa presença.

Deixo beijos para vc.

Perséfone Core disse...

É vitinha...
Falta paciência em apenas deixar "ser"...

Uma pressa tomou conta das pessoas...uma pressa insana de viver sem deixar-se "tocar". Olhamos uns aos outros como possíveis ameaças e não como possibilidades belíssimas de aprendizado e progressão.

Parabéns vitinha, por sua sempre oportuna sensatez.
Beijos!!!

J_{pehr}

Anônimo disse...

Cada palavra, absorvo como gota de aprendizado, sim...aprendizado, existem pessoas sábias, experientes que nos passam e dividem, sem esperar nada em troca a sua experiencia.

negrasonia_MJ disse...

Cada palavra, absorvo como gota de aprendizado, sim...aprendizado. Existem pessoas sábias, experientes que nos passam e dividem, sem esperar nada em troca, são pessoas que devemos chamar de AMIGAS, realmente. Bjks

Rebeca disse...

Perfeito, vita!

Um texto que nos faz refletir.
Nesse mundo onde as pessoas querem tudo para ontem, onde a necessidade de ser perfeito em tudo, as vezes nos deixamos levar pela falta de paciência...e me incluo nisso.

Vc usou uma palavra que para mim é importante: DISPOSIÇÃO.
Disposição para aprender.
Disposição para ensinar.
Disposição para assumir e aceitar a imperfeição das pessoas....

Bora refletir mais....pisc*

Grande beijo!!

Rebeca

Anônimo disse...

Esse é um mundo fictício, tal como os criticados 50 tons! As pessoas vestem suas roupas, se intitulam isso e aquilo, pregam suas leis e definem sua submissão mas no fundo é tudo uma enorme mentira! Um bando de gente falsa e hipócrita junto! Um mundo mesquinho e cheio de mentiras e seus mentirosos! Apontam o dedo para um ou outro que segundo suas "crenças" estão fora dos padrões e por trás fazem igual ou pior! Não existem nem submissas nem dons, existem apenas pessoas surtadas!

antonio martins disse...

Boa noite pudera todas se sentirem como vc feliz propriedade titulo que soa a muitas em quererem esta mesma felicidade e cabe a nos dons e srs a proporcionar este cartão de visitas as verdadeiras e originais subbs himbernadas em si mesma com receio de marcas atrozes num futuro que nem inicio ainda teve

Anônimo disse...

Um ótimo texto.